Taxa Selic se mantém em 2%

O Copom (Comitê de Política Monetária) decidiu aa quarta-feira (9), manter a taxa Selic inalterada em 2%. O anúncio não foi surpresa para o mercado, que já previa a decisão frente ao baixo crescimento econômico do país.

Já segundo o último Boletim Focus, publicado na segunda-feira (7), para o próximo ano, o relatório aponta que a taxa básica de juros do país deve ficar em 3% ao ano. O Boletim também divulgou que a projeção para a inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), para 2020 subiu 0,67 ponto percentual, passando de 3,54% para 4,21%. Para se ter uma ideia da aceleração, há um mês, a projeção era de 3,2% e, há dois meses, em 2,12% para o indicador.  Apesar de estar acima da meta estipulado pelo governo, ainda está dentro da margem de segurança, que varia entre 2,50% e 5,50%.

A estimativa para o Produto Interno Bruto também subiu para este ano, passando de queda de 4,50% para retração de 4,40%, sendo a terceira alta seguida nessa linha de comparação, vindo de um piso de -6,54% no final de junho.

Para 2021, a expectativa para a economia brasileira avançou 0,05 ponto percentual, para 3,50%.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *