Produção Industrial acumula crescimento nos últimos cinco meses

Na última quarta-feira (4), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a produção industrial brasileira cresceu 2,6% em setembro em relação a agosto. Nos últimos 5 meses (mai – set), a indústria acumulou um ganho de 37,5%, o que conseguiu reverter as perdas dos meses de março e abril, que somaram -27,1%, e chegar uma patamar 0,2% maior do que o mês de fevereiro, ou seja, antes da pandemia do coronavírus afetar a produção no Brasil.

 

A firme recuperação mostrada pela indústria nos últimos meses tem possibilitado aumento nas contratações, redução da ociosidade no parque industrial e aumento na intenção de investir dos empresários.

Apesar de a última pesquisa Focus estimar uma queda de 4,81% no PIB em 2020, Confederação Nacional da Indústria (CNI) estima que o PIB industrial deverá crescer 10% no terceiro trimestre e encolher 4,1% no ano.

Se pensarmos que é o PIB que mede o total de bens e serviços produzidos em um determinado período de tempo, e considerarmos que as indústrias são responsáveis pela produção dos bens de um país, quanto maior for o volume de produção do setor, maior será a contribuição ao PIB.

Aumento da produção, em geral, é o ponto de partida para um ciclo positivo que favorece o crescimento econômico.

Quer ficar por dentro das principais notícias da semana? Assista ao Plantão JN.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/11/04/producao-industrial-cresce-26percent-em-setembro-e-elimina-perdas-da-pandemia.ghtml

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *