Anvisa autoriza Instituto Butantã a fabricar as primeiras doses da vacina chinesa Coronavac

Na semana passada, o Presidente Jair Bolsonaro havia vetado a compra de 46 milhões da vacina chinesa Coronvac, com a alegação de que não havia aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

A vacina ainda está em fase de testes clínicos, mas no último dia 28, a Anvisa autorizou o Instituto Butantã a importar a matéria-prima necessária para fabricação das primeiras doses da vacina que está sendo desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

 

Quer ficar por dentro das principais notícias da semana? Assista ao Plantão JN.

 

Fonte: https://valor.globo.com/politica/noticia/2020/10/28/anvisa-deve-liberar-nesta-4a-importacao-de-insumo-para-coronavac.ghtml

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *